O celular destruiu a vida do telefone

O celular destruiu a vida do telefone

29/11/2004 - Estado de S. Paulo - LINK

O celular destruiu a vida do telefone Marcelo Tas   135: foi o primeiro número de telefone que eu disquei na vida. Sim, apesar da cara de bebê na foto aí acima, sou um rapaz muito velhinho. Acreditem: o número do telefone da casa do meu avô João, em Ituverava, interior de São Paulo, tinha apenas...
veja mais

A morte irônica do videocassete

A morte irônica do videocassete

15/11/2004 - Estado de S. Paulo - LINK

A morte irônica do videocassete   Marcelo Tas   Já ouço os sininhos do Natal. E vejo na lista do Papai Noel que o presente mais pedido tem três letras: DVD! A ironia é que queremos enterrar de vez o velho videocassete sem aprender a usá-lo direito. Não soubemos aproveitá-lo na sua...
veja mais

TV perde a pole position entre as mídias

TV perde a pole position entre as mídias

18/10/2004 - Estado de S. Paulo - LINK

TV perde a pole position entre as mídias   Marcelo Tas Quando eu era mocinho (faz tempo), havia um programa na TV Tupi chamado Almoço com as Estrelas. Era uma refeição ao vivo, em tempo real, diante das câmeras. Entre uma garfada e outra, os apresentadores, Airton Rodrigues e sua esposa Lolita, comandavam o...
veja mais

A MINHA HISTÓRIA DA OLHAR ELETRÔNICO

A MINHA HISTÓRIA DA OLHAR ELETRÔNICO

01/01/2003 - Made in Brasil

A MINHA HISTÓRIA DA OLHAR ELETRÔNICO © Marcelo Tas, 2003 CAPÍTULO 1: A TV SOBRE O CAIXOTE Numa noite paulistana do início dos anos 80 fui a uma festa que mudou minha vida. Era um dos muitos eventos “multimídia” da época: lançamento de livro junto com show de nova banda, leitura de poesia...
veja mais