ERNESTO VARELA

01/01/2003 - Revista Simpples

ERNESTO VARELA

ERNESTO VARELA

 

Na Olhar Eletrônico todo mundo queria ser diretor. Ninguém ligava muito pra aparecer na frente da câmera. Então todos se revezavam na função que nem goleiro de pelada. Quando chegou o meu dia, pra disfarçar a timidez, apareceu o personagem.

Foi em Santos, em 1983, brincando de homem do tempo com o Toniko Melo na câmera. Depois desenvolvi o personagem com o Fernando Meirelles. Ele virou o câmera oficial do Varela, o Valdeci. O Fernando foi a mãe e eu o pai do Varela, ou vice-versa.

Durante alguns anos vivemos intensamente essa aventura. Viajamos pra caramba, entrevistamos Deus e o mundo e ganhamos muitos prêmios. Tive também uma fase importante do Varela em parceria com o Toniko Melo: a cobertura da Copa do Mundo e a primeira viagem de uma equipe de TV brasileira a Cuba! A terceira onda do Varela foi na MTV, com a série "Netos do Amaral". Lá o meu parceiro criativo foi o videomaker mineiro Éder Santos e a produção do Walter Salles, da VideoFilmes.

Recentemente, ressucitei o Varela na Rádio 89 e foi muito legal. Os fãs continuam implacáveis. Sou cobrado diariamente de tirar o cara do armário. O que sempre pode acontecer a qualquer momento.

Marcelo Tas

 

Vídeos do Varela